4º ano percorre os caminhos dos imigrantes italianos e alemães

A fim de tornar os estudos sobre a formação do Rio Grande do Sul ainda mais significativos, as turmas de 4º ano fizeram uma saída de estudos no dia 15 de setembro, conhecendo locais que contam muito da história das imigrações alemã e italiana em nosso estado.

Em Nova Petrópolis, os alunos conheceram a Aldeia do Imigrante, que apresenta o legado das famílias que vieram da Alemanha a fim de iniciar uma nova vida em terras brasileiras nos idos de 1824. O Parque está dividido em dois espaços, sendo o primeiro a Aldeia Bávara e o segundo a Aldeia Histórica, na qual há a representação da história dos primeiros imigrantes em forma de Museu Vivo. Além de preservar o patrimônio cultural, o patrimônio natural também é preservado, pois há uma grande extensão de mata nativa no local.

Para conhecer mais sobre a imigração italiana, as crianças fizeram o passeio de Maria Fumaça (Bento Gonçalves-Carlos Barbosa) e visitaram o parque temático  Epopeia Italiana, que possui cenários que reproduzem as casas, utensílios e história dos grupos vindos da Itália também no século XIX.

Segundo as professoras, o passeio foi um sucesso. Desde a saída da escola até o retorno foram muitas as aprendizagens e a diversão. Veja alguns momentos: